“Estou deixando as pessoas se aproximarem de mim”

Déiaaa! Tenho que te dar um feedback. Minha neura com bactéria se foi. Há 3 anos, desde que minha mãe morreu, eu tinha medo de me contaminar com qualquer sujeira. Nem a porta da geladeira eu tocava sem pegar um pano limpo, não entrava de sapato na minha casa, ninguém podia entrar na minha casa porque ia levar bactéria, ninguém podia pegar meu celular ou entrar no meu carro…

Eu vivia presa numa bolha. Sozinha. Era muito sofrimento.
Déiaaaa! Eu não sinto mais medo.
Essa semana eu dancei de sapato no meu apto chorando de felicidade.
Estou deixando as pessoas se aproximarem de mim. A veterinária dos meus gatos foi na minha casa atendê-los, colocou suas coisas de examinar bixos em cima do meu sofá e eu não senti nada.
Olha, estou descalça aqui na tua sala.